Natal de Luz em BH

Avenida Afonso Pena, em frente à Prefeitura Municipal (Foto: Divino Advincula / Divulgação PBH)
Avenida Afonso Pena, em frente à Prefeitura Municipal (Foto: Divino Advincula / Divulgação PBH)
Quem está em Belo Horizonte neste fim de ano já pode sentir o clima que paira no ar. Luzes, harmonia, gigantescas árvores coloridas e vilas que despertam os sonhos das crianças e dos adultos. Assim é o Natal da capital mineira. As principais avenidas e praças nunca estiveram tão iluminadas. Apresentações de corais, chegada do Papai Noel e duas vilas foram montadas especialmente para mostrar como é a casa do bom velhinho.

Atrações que encantaram as irmãs Gisele e Ana Paula, que aproveitaram o domingo antes do Natal para levar as crianças e, juntas, verem como a cidade está bonita. “Hoje nós tiramos o dia para ver a decoração de Natal. Queremos passar pelas ruas iluminadas para sentir o espírito natalino”, conta a diarista Gisele Aniceto dos Santos. 
 
Circuito de Iluminação Decorativa
Pela primeira vez, Belo Horizonte recebe um circuito especialmente iluminado. Além da Praça da Liberdade, que todos os anos se enfeita para o Natal, as Avenidas Afonso Pena e Brasil, as Praças da Estação, da Savassi e também da Cemig, além da região da Lagoa da Pampulha, fazem parte do Circuito de Iluminação Decorativa. 
 
A Avenida Afonso Pena, conhecida por abrigar a maior feira ao ar livre da América Latina, se transformou na mais iluminada da capital mineira. Da Praça da Rodoviária até a Praça Tiradentes, todas as árvores estão enfeitadas. Um jogo de luzes e cores que promovem encanto em quem passa por lá. “Quando vejo uma decoração de Natal, fico deslumbrada. As luzes nas ruas despertam o espírito natalino”, é o que sente a técnica em enfermagem Andréia Ferreira dos Santos.
 
Também na Avenida Brasil, as árvores do trecho entre a Praça Tiradentes e a Praça da Liberdade foram totalmente decoradas com as luzes de Natal. Uma atração a mais para os belo-horizontinos e turistas. Raquel Ferreira de Arruda veio de Ribeirão das Neves para ver a decoração. “Nesta época do ano, a cidade fica muito alegre, muito bonita. É uma diversão para a gente passear. À noite então, fica maravilhoso”.  
 
Além disso, três árvores gigantes podem ser vistas nas principais praças da cidade. Na Savassi, a árvore de 20 metros está mostrando mensagens de textos enviadas pelo celular de quem quer passa por lá. Na Praça da Estação, foi montada a maior árvore de Natal, com 20 metros de altura. A iluminação transmite mensagens de "Feliz Natal'' para toda a cidade. Já na Praça da Cemig, são oito metros de muitas luzes e cores. E a Lagoa da
Pampulha ficou ainda mais bonita com uma decoração especial. 
 

veja mais

Festival Internacional de Corais

Desde o dia 2 de dezembro a população belo-horizontina está se emocionando com apresentações do Festival Internacional de Corais – FIC. 

São atrações gratuitas que disseminam a cultura e a música. No domingo, 18, foi a vez do Coral da Família Alcântara. Numa composição de quatro gerações de negros descendentes dos Quilombos, o Coral mostrou que a música pode ser apreciada por todos. “Essas apresentações  são lindas. É cultura que pode ser assistida de graça”, diz Andréia Ferreira dos Santos. 
Pela primeira vez dentro da programação oficial de Natal, o FIC está levando o canto lírico a vários pontos turísticos da cidade. Até dia 24, ainda vão acontecer diversas apresentações. Entoando canções natalinas, os corais despertam a magia do natal.
Confira a programação no site do FIC. (Foto: Divino Advincula / Divulgação PBH)

Outra grande atração natalina é a Vila do Papai Noel. Muitas luzes, enfeites e, é claro, a presença do bom velhinho. Pela primeira vez na cidade, uma Vila toda especial está montada no hall da Prefeitura Municipal. Quem quiser ver o Papai Noel de perto pode conhecer a Vila de segunda a sexta, de 8h às 18h.  
 
Já a Vila dos Sonhos, que, tradicionalmente, é montada na Praça do Papa, este ano foi para o Parque Municipal. Um espaço cheio de encantos que contagiou as pessoas. A casa do Papai Noel foi a atração principal. “Sempre soubemos que o Papai Noel entra pela chaminé. Mas hoje eu vi que ele tem casa e a casa é maravilhosa. Estou mais empolgada que as crianças”, revela a operadora de caixa Ana Paula Aniceto. Sua irmã Gisele também ficou emocionada com a casa do Papai Noel. “Quando eu entrei, pensei que estava sonhando”, conta.