A combinação perfeita do pop rock em Belo Horizonte

tags

Skank e Jota Quest são exemplos de bandas de pop rock que nasceram em Belo Horizonte
Skank e Jota Quest são exemplos de bandas de pop rock que nasceram em Belo Horizonte
A capital de Minas é considerada uma das cidades mais populosas do país, com características únicas que incentivam a cultura. Tanto o teatro, quanto a dança e a música são expressões que fazem do mineiro criativo e com vontade de mostrar o que tem de melhor. Resultado disso é que Belo Horizonte é o berço de muitas bandas conhecidas no Brasil. Das garagens aos quartinhos de porão, qualquer lugar é válido para abrir um estúdio e fazer música.

O pop rock em BH pode ser comparado a uma colcha de retalhos, já que vários fatores ajudaram para que tal estilo surgisse nessa cidade. Tudo começou graças às influências do Clube da Esquina, em 1960, passando pelo Heavy Metal, pelos movimentos populares e festivais.

Entre os anos 70 e 80, os artistas ainda encontravam barreiras para se expressar. A música popular tinha seu espaço reservado nas rádios e, apesar da pequena abertura política, a censura ainda era presente para os que tentavam ousar com seus estilos. A história começou a mudar a partir da década de 90 com a vinda da MTV (Music Television) para o Brasil e a estreia de bandas em todo o país. E, em Minas Gerais não poderia ser diferente. Alguns grupos foram buscar seu lugar ao sol no exterior, como o Sepultura, que tinha em seu repertório músicas em inglês. Outros começaram a abraçar o sucesso na capital, compondo letras sobre o cotidiano, política, relacionamentos e fazendo rock de uma forma criativa.

A música que nasceu em BH

Na década de 90, iniciava-se uma explosão de novos grupos nas rádios, nas festas universitárias e bares da cidade. Os jovens tinham a certeza que se expressar através da música era uma forma de levar Minas para todo o mundo. As primeiras bandas belo-horizontinas que apareceram foram Skank, Jota Quest e Pato Fu.

Formado em Belo Horizonte, em 1991, o Skank gravou seu primeiro disco independente, transportando o estilo reggae para o pop brasileiro. O álbum chamou a atenção de uma grande gravadora pelo grau de profissionalismo. A parceria estava feita. O objetivo dos integrantes era levar o estilo musical da Jamaica para a tradição pop do Brasil. A partir de 1995, venderam em média 1,2 milhão de cópias.

Em 1992, o Pato Fu se formou através do “Sustados por 1 Gesto", banda que já existia em BH. "Sexo Explícito" foi também a banda que deu origem ao Pato Fu, onde o guitarrista John começou a experimentar os recursos melódicos do eletrônicos. Sua característica musical é o som que vai do pop rock à música experimental, incluindo influências eletrônicas em algumas faixas. Em pouco tempo, shows na Praça da Savassi e em eventos importantes chamaram a atenção dos fãs, com um estilo único que unia o rock e o eletrônico.

Já o Jota Quest começou seus primeiros ensaios em 1993 e com uma mistura de rock, pop e black music, conseguiu seu diferencial perante outras bandas, com sua sonoridade e estilo próprio. Em pouco tempo, o grupo já tinha seus shows lotados por pessoas que queriam ouvir uma “batida” diferente de tudo o que já se tinha escutado em Minas Gerais.

A capital então passa a conhecer uma série de novos artistas do gênero, como Tianastácia e Wilson Sideral. Todos esses artistas vieram com vontade de mostrar o que sabiam e o que pensavam através de suas composições.

leia mais sobre

WILSON SIDERAL

“Belo Horizonte é meu lar, minha casa, é de onde tiro minha inspiração para escrever, compor, viver. É para onde eu quero voltar após um fim de semana na estrada fazendo shows. Eu amo essa cidade, amo o povo daqui e tenho orgulho de dizer que fu... Clique aqui para ler mais sobre.

leia mais sobre

WILSON SIDERAL

“Belo Horizonte é meu lar, minha casa, é de onde tiro minha inspiração para escrever, compor, viver. É para onde eu quero voltar após um fim de semana na estrada fazendo shows. Eu amo essa cidade, amo o povo daqui e tenho orgulho de dizer que fui muito bem recebido. Por onde eu vou, falo bem, visto a camisa e convido quem conheço pra nos conhecer”. Com essas palavras, o cantor e compositor Wilson Sideral define Belo Horizonte.

Wilson Sideral
Wilson Sideral

Para ele, que nasceu em Alfenas e se mudou para BH aos 18 anos, o mineiro é por natureza um povo exigente e ligado em novidades. “Nossa capital tem exemplos de artistas bem-sucedidos que servem como referência para outros. E ainda há lugar para novas bandas de pop rock. O espaço criativo está aí, acessível a todos”, explica.

Sideral é irmão de Rogério Flausino (vocalista da banda Jota Quest) e começou sua carreira em bares, boates e nas aberturas de shows de outros artistas. Com todos esses eventos, foi deixando sua marca por onde passava. Suas músicas partiram do som que escutava do Clube da Esquina, Skank, Pato Fu e Jota Quest. “Foram sem dúvida uma grande influência, um exemplo de qualidade. Para mim, como compositor, são referências constantes”.