Cine IDEA: Rio, Zona Norte (Nelson Pereira dos Santos, 1957)

Divulgação

Data: 18.04.2018 - 19:00

Local: Centro Cultural IDEA

No mês de abril, o Cine IDEA recebe a programação do I Ciclo de Debate sobre o Cinema Latino-Americano. Evento que pretende discutir a importância artística e cultural da produção cinematográfica realizada na América Latina, promovendo o acesso e a análise dos filmes que marcam a história da sétima arte produzida no continente. Na sua primeira edição, o ciclo lança um olhar retrospectivo em torno do período que compreende a ascensão do cinema moderno, entre as décadas de 1940 e 1960, abordando as influências do Neorrealismo Italiano e da Nouvelle Vague francesa na revolução estética e na politização do cinema latino-americano, culminantes na consolidação do movimento que ficou conhecido como o Nuevo Cine Latinoamericano. Processo que marca as produções realizadas no período e amplia a compreensão da atual filmografia latino-americana.
 
SESSÃO 18/04
Filme: Rio, Zona Norte (Brasil, 1957), Direção: Nelson Pereira dos Santos.
Sinopse: O humilde sambista carioca Espírito da Luz cai de um trem lotado da Central do Brasil e fratura o crânio. Enquanto agoniza ele se lembra dos últimos meses de sua vida, a luta para ver seus sambas gravados e interpretados por grandes artistas como Angela Maria, as trapaças do falso parceiro Maurício, o filho adolescente que se envolve com criminosos perigosos e o seu novo relacionamento, com a mulata Adelaide. No hospital ele recebe a visita de Moacir, músico de orquestra, que é admirador de suas composições e se oferecera para colocá-las em partituras.
 
Comentários: Marcos Pierry (EBA/UFMG)
*Retirada de senha a partir de 18h30 (sujeito à lotação)
 
Sobre Marcos Pierry
Professor, crítico e curador de cinema. Doutor pela Escola de Belas Artes da UFMG, mestre pela Escola de Comunicação e Artes da USP e graduado em jornalismo pela UFBA. Lecionou na PUC Minas e FTC Bahia. Atuou na TV pública (Rede Minas, TVE Bahia). Escreveu para Estadão, Folha SP, A Tarde, Gazeta Mercantil, Tribuna da Bahia, Bravo, Manchete e Reuters. Co-autor de A Cana e o Fusca (Goethe Institut, 2009) e A Vida Com TV (Senac-SP, 2003) e co-organizador de Escritos de Cinema (Azougue, 2010), de André Setaro. Pesquisa tópicos do cinema brasileiro moderno, música popular no cinema, contracultura, vanguarda e cinema
experimental. Atualmente é professor dos cursos de Cinema e Produção Audiovisual do Centro Universitário Jorge Amado – Unijorge, em Salvador (BA). 

http://www.facebook.com/events/577744075933292/

Email: info@ideacultura.com.br

Entrada Franca