Viaduto Santa Tereza

O Viaduto Santa Tereza é um dos símbolos da cidade de Belo Horizonte. Construído em 1929, foi projetado pelo engenheiro Emílio Baumgart, um destaque entre os profissionais das estruturas de concreto armado no Brasil. O arrojado viaduto, imortalizado também em “Encontro Marcado”, obra do escritor mineiro Fernando Sabino, passada nas ruas da capital mineira, cumpre também o papel de portal para o bairro que lhe deu o nome: Santa Tereza.
Localizado na região Leste da capital, Santa Tereza é um dos maiores centros culturais da cidade. Também conhecido pela intensa vida noturna, em virtude dos vários bares e restaurantes, o local constantemente é palco de shows, mostras e eventos. A Praça Duque de Caxias (a popular Praça de Santa Tereza) é praticamente o coração do bairro. Foco de rotinas tradicionais e familiares, a praça recebe a maioria dos eventos do bairro.
O bairro também é famoso mundialmente por revelar grandes talentos musicais. Dentre eles, as bandas Sepultura e Skank e o movimento Clube da Esquina. Este último, criado a partir de uma brincadeira entre amigos que sentavam à esquina das ruas Divinópolis e Paraisópolis com violões em punho para conversar, compor, trocar ideias e se divertir. Dentre estes jovens que se encontravam na esquina mais famosa de Belo Horizonte, nomes como Milton Nascimento, Lô Borges, Beto Guedes, Fer­nan­do Brant e outros não menos importantes para a história da música popular mundial.


Endereço: Viaduto Santa Tereza - Centro

Javascript is required to view this map.