Galeria de Arte Copasa

Foto: Divulgação

Após quase três décadas de presença física no Santo Antônio, em Belo Horizonte, a COPASA inaugurou, em 4 de julho de 2001, sua Galeria de Arte com uma exposição que apresentava aquarelas e desenhos inéditos do mestre Inimá de Paula.
A partir de então, esse novo espaço cultural passou a oferecer aos seus empregados, à comunidade do bairro em especial e a toda a população da cidade, novas opções de lazer e a oportunidade de acompanhar o que de melhor acontece no universo das artes plásticas em Belo Horizonte.
Idealizada para reforçar a tríade “educação, cultura e arte”, pilares do desenvolvimento da nacionalidade e da formação da cidadania, a Galeria de Arte COPASA decidiu investir no artista nascido ou residente em Minas Gerais. Para cumprir este nobre objetivo, atua em duas frentes distintas: é um espaço aberto para revelar novos talentos das artes plásticas e visuais, e também para reverenciar os grandes mestres das artes plásticas em Minas, possibilitando um rico diálogo entre gerações.


Endereço: Rua Mar de Espanha, 525 - Santo Antônio
Telefone: 31 3250-1506


Site: http://www.copasa.com.br
E-mail: galeriadearte@copasa.com.br
Horário de Funcionamento: Diariamente das 8h às 19h

Informações Adicionais:

A galeria oferece um espaço de 115 metros quadrados para que os artistas exponham seus trabalhos em pintura, desenho, xilogravura, escultura, modelagem, cerâmica, tapeçaria, vídeo e fotografia, além de instalações em três dimensões. 
A cada ano, o espaço apresenta sete exposições, sendo cinco delas definidas por concorrência pública, através de edital divulgado sempre no mês de outubro, em toda a imprensa. As propostas dos artistas interessados são selecionadas por um conselho curador composto por expoentes das artes plásticas em Minas, que tem total autonomia em sua decisão, garantindo credibilidade e transparência a todo o processo. Para completar a programação, dois grandes mestres mineiros são convidados a abrir e fechar o ano com exposições de suas obras mais significativas.

Foto: Divulgação

Javascript is required to view this map.