Bar do Museu Clube da Esquina

Foto: Logo/Divulgação

A poucos metros da Paraisópolis com Divinópolis, famosa esquina do tradicional bairro boêmio de Santa Tereza (Belo Horizonte - MG), onde os jovens músicos mineiros Márcio, Lô e Bituca se encontravam, no final da década de 60, para tocar e compor, está o Bar do Museu Clube da Esquina - um espaço de reunião da história viva desse movimento contada por seus protagonistas. É também um veículo para que essa mesma história seja contada pelo público, ou seja, você, que também vivenciou e vivencia de alguma forma a história, o sucesso e o legado cultural do Clube da Esquina.
 
 
A ambientação da casa faz referência ao movimento em todos os aspectos, tanto em sua decoração, com acervos do Museu do Clube da Esquina, com imagens e objetos dos integrantes, quanto na atmosfera intimista do palco. 
 
Ao abrir o cardápio, o público se depara com pratos e drinques de nomes familiares, o que torna a noite ainda mais divertida. Para quem vai beber uma Caipirinha, por exemplo, é só pedir “Coração Brasileiro”. Se a opção for Caipivodka: “Nada Será Como Antes”. O drinque pode vir acompanhado de uma “Espanhola” (Croquetas de calabresa com pimenta biquinho e molho barbecue), ou ainda “Amor de Índio”, para quem é fã de galinhada com pequi. Ou quem sabe um “A La Bituca” (Pasteis de angu). Mas se preferir algo mais substancial, como o Risoto de Abóbora e Carne Seca, a senha é “Um Gosto de Sol”. E para quem quer adoçar o paladar encontra no menu “Paula e Bebeto” (Romeu e Julieta, queijo com goiabada cascão), e outras tantas opções de sobremesa.


Endereço: Rua Paraisópolis, 738 - Santa Tereza
Telefone: 31 2512-5050

Site: http://www.bardomuseuclubedaesquina.com

Capacidade: 200 pessoas
Horário de Funcionamento: 2ª a sáb. das 19h à 1h

Formas de Pagamentos:
Mastercard
Visa

Informações Adicionais:

Sobre o movimento:
 
O bar presta homenagem ao lendário Clube da Esquina, um dos movimentos mais importantes da música brasileira que influenciou gerações de artistas e projetou a música mineira nacionalmente. Enquanto o Brasil vivia um período de repressão política, os integrantes do Clube da Esquina produziam um som que fundia as inovações trazidas pela Bossa Nova a elementos do jazz, do rock’n’roll – principalmente The Beatles –, de música folclórica dos negros mineiros e alguns recursos de música erudita e música hispânica.
 
Programação:
 
Segunda-feira: SOU DO MUNDO, SOU MINAS GERAIS
Na segunda “SOU DO MUNDO”, música e cardápio internacionais. Sucessos e pratos do mundo vão fazer a graça da segunda, do rock inglês ao jazz, da culinária francesa ao tempero ibérico. Na segunda seguinte, “SOU MINAS GERAIS”. Culinária dedicada ao interior de Minas, com suas comidas típicas e receitas tradicionais. Artistas consagrados e revelações mostram as boas raízes da música e da comida cultivadas no interior de Minas e do Brasil. A gastronomia desses lugares será quinzenalmente homenageada por um prato principal apresentado por escolas, confrarias e faculdades de gastronomia. *As noites de segunda-feira começam a funcionar a partir de fevereiro de 2016.
 
Terça-feira: CORAÇÃO DE ESTUDANTE
As noites de terça-feira serão dedicadas às diversas Escolas de Música, Corais, Bandas e Colégios de BH e outras cidades e aos seus alunos, professores, parentes e amigos. Escolas interessadas poderão se inscrever pelo telefone (31) 2512-5050.
Periodicidade: Toda semana.
 
Quarta-feira: CANÇÃO, PROSA E VERSO
Toda quarta-feira, um mix de canções eternas, bate-papo informal e interpretações poéticas reunirá músicos e poetas do Clube para aquela jam-session inesquecível. No cardápio poético-musical, Márcio Borges, Murilo Antunes, Tonico Mercador, João Antunes, Túlio Mourão, Patrícia Maês e outros convidados se revezarão para ler poemas, contar prosa e fazer um som.
Periodicidade: Toda semana.
 
Quinta-feira: SONHOS NÃO ENVELHECEM
Na quinta-feira, os irmãos Telo e Márcio Borges apresentam seu pocket-show, em que narram os bastidores da criação das famosas canções do Clube e interpretam seus maiores sucessos, num clima descontraído e familiar. Na quinta seguinte, “BEATLES CLUBE”, sucessos eternos em inesquecíveis noitadas, com os melhores músicos "beatlemaníacos" da cidade.
 
Sexta-feira: EM FAMÍLIA
Marilton e Rodrigo Borges (pai e filho - primeira e segunda geração do Clube da Esquina), apresentam o que há de melhor no repertório clássico da MPB, alternando com música autoral da melhor qualidade. Como sugere o nome da noite, artistas amigos da família podem aparecer de surpresa para uma animada "canja" musical. 
Periodicidade: Toda semana.
 
Sábado: CERTAS CANÇÕES
Beto Lopes e Barbara Barcelos, guitarrista e cantora especializados em MPB e na música do Clube da Esquina, comandam as noites de sábado com hits e composições autorais.
Periodicidade: Toda semana.
 
 
 
 
 
 
Facebook: https://www.facebook.com/bardomuseuclubedaesquina

Javascript is required to view this map.