Praça da Liberdade

Foto: Marcelo Rosa

Com jardins, coretos, repuxos e estátuas em mármore de carrara, a Praça da Liberdade localiza-se no final da Avenida João Pinheiro, de frente para  o Palácio da Liberdade, sendo cortada por dupla fileira de palmeiras imperiais. Cercando a praça, construções ecléticas datadas da época da transferência da capital.


Endereço: Praça da Liberdade - Savassi
Complemento: Avenida Bias Fortes, Avenida Brasil e Avenida João Pinheiro

Informações Adicionais:

A Praça da Liberdade foi construída em 1903, sobre grande influência do paisagismo inglês naturalista. Foi um dos principais projetos do engenheiro Aarão Reis dentro do planejamento da nova capital. Os jardins só foram concluídos em 1905, sob o projeto de Paul Villon. Mais tarde, em 1920, por ocasião da visita dos reis da Bélgica, sua reforma sofreu grande influência do paisagismo francês, ganhando traçado geométrico, inspirado nos jardins do Palácio de Versailles. Os terraços, os lagos, as vegetações e as esculturas complementam sua arquitetura e reafirmam essa influência. O objetivo da praça foi, durante muito tempo, abrigar a sede do poder mineiro, composta pelos prédios do Palácio do Governo e das primeiras Secretarias de Estado. Ao longo dos anos, o complexo foi recebendo construções de diferentes estilos arquitetônicos, sendo hoje tombado pelo Instituto Estadual do Patrimônio Histórico e Artístico de Minas Gerais – Iepha-MG.
Pela sua localização privilegiada, a Praça da Liberdade se tornou um dos locais mais visitados de Belo Horizonte. Os moradores se apropriaram deste espaço, onde acontecem caminhadas, piqueniques, eventos, música, teatro etc. No seu entorno, foi implantado o Circuito Cultural da Praça da Liberdade. Cada prédio, que antes era utilizado pelas Secretarias de Estado, foi transformado em um espaço cultural aberto à visitação. 

Foto: Foto Isabel Baldoni

Javascript is required to view this map.