Estátua Roberto Drummond

Estátua de Roberto Drummond
Estátua de Roberto Drummond
É impossível passar pela esquina das avenidas Cristóvão Colombo e Getúlio Vargas e não perceber a escultura do escritor, romancista, cronista e jornalista Roberto Drummond. A estátua, criada pelo artista plástico Léo Santana, é de bronze, mede 1,70 e pesa 200 kg. Alguns fazem dela uma companhia para tocar um violão, recitar um poema ou apenas descansar na Praça Diogo de Vasconcelos, conhecida como Praça da Savassi. O bairro era um dos preferidos do escritor para fazer caminhadas. Mesmo nascido em Vale do Rio Doce, Minas Gerais, Drummond nunca escondeu a paixão que tinha por Belo Horizonte. Tornou-se muito conhecido por publicar livros que ainda fazem sucesso no cenário da literatura brasileira, entre eles: “Quando fui morto em Cuba”, “Hilda Furacão” e “Sangue de Coca-Cola”.

Local: Praça Diogo de Vasconcelos (Praça da Savassi) - esquina das avenidas Cristóvão Colombo e Getúlio Vargas

Data da inauguração: 22 de dezembro de 2003