Belo Horizonte sedia dois importantes eventos relacionados à pesquisa e inovação em turismo

tags

Quarta-feira, 1 Novembro, 2017

por: Ascom

A ideia é evoluir os estudos relacionados ao turismo, metodologias, tecnologias e disseminar o que há de mais eficiente no mercado

Evoluir os estudos e pesquisas relacionadas ao turismo, aprimorando metodologias, tecnologias, trocando informações e disseminando o que há de mais eficiente no mercado. Com esses objetivos, Belo Horizonte recebe nesta quarta-feira (1º/11) a Reunião da Rede Brasileira de Observatórios de Turismo, no Museu das Minas e do Metal – MM Gerdau, e, amanhã (2/11), tem início II Seminário Mineiro de Pesquisa e Inovação em Turismo (SEMPIT), no Expominas. 

De acordo com Aluizer Malab, essa é uma grande oportunidade para gerar conteúdo, promover contatos e incentivar a rede de pesquisadores que se interessam e desenvolvem pesquisas voltadas para o turismo. “É muito importante receber eventos desta natureza em Belo Horizonte, uma cidade que está se tornando, cada vez mais, destino turístico altamente sedutor. São com esses dados que conseguimos entender ainda mais o perfil de nossos turistas e, com isso, aprimorar nossa oferta de serviços, comunicar melhor nosso rico calendário de eventos e programação cultural e apresentar nossos atrativos”, comenta Aluizer Malab, presidente da Belotur.

Durante toda essa quarta-feira, profissionais da recém-criada Rede Brasileira de Observatórios de Turismo têm programação voltada para debates e troca de experiências relacionadas à inovação, tendências, tecnologias e sistemas que contribuem com a evolução de estudos e pesquisas. Estão presentes representantes de observatórios de turismo de vários estados e municípios que buscam o fortalecimento de estudos e pesquisas voltadas para o turismo e atividades associadas.

SEMPIT

Organizado com apoio da Belotur em parceria com Observatório de Turismo, Secretaria de Estado do Turismo, Codemig e Sebrae-MG, o II Seminário Mineiro de Pesquisa e Inovação em Turismo (SEMPIT), visa proporcionar um ambiente para a troca de conhecimento e informações entre a comunidade acadêmica, profissionais do turismo, gestores públicos municipais e dos circuitos turísticos. 

O objetivo do evento é fomentar a produção de estudos e pesquisas referentes ao impacto do turismo como atividade de desenvolvimento socioeconômico no estado de Minas Gerais, para que assim seja possível auxiliar efetivamente na criação e monitoramento de políticas voltadas ao setor. “Nosso objetivo é aumentar o fluxo de visitantes, mas ao mesmo tempo, melhorar a prestação de serviços e produtos, gerando renda e empregabilidade em atividades relacionadas ao turismo de forma sustentável”, pontua Malab.

O apoio da Belotur para o evento se deu por meio da vinda do palestrante do Observatório do Turismo de Buenos Aires (Argentina), Matias Belacín. Ele, que é professor dos cursos de Econometria e Estatística e Gerente Operacional de Inteligência de Mercado e Big Data da Secretaria de Turismo de Buenos Aires, vai apresentar o painel ‘Boas práticas em inovação e inteligência no setor público’ no dia 4 de novembro. O contato com o professor se deu em setembro, com a participação da Belotur no UNWTO – WTCF City Tourism Performance Research, realizado pela Organização Mundial do Turismo (OMT) em Buenos Aires. “Estamos cada vez mais ampliando nossos contatos internacionais para que possamos trocar experiências e estabelecer parcerias que nos ajudem a aumentar a competitividade do destino turístico Belo Horizonte”, explica Marcos Boffa, diretor de Planejamento e Inovação da Belotur.

Além da programação que conta com palestrantes nacionais e internacionais, haverá também apresentação de artigos que serão avaliados e selecionados para publicação na edição especial da Revista Marketing & Tourism Review (publicação do Núcleo de Estudos e Estratégias de Comunicação Integrada de Marketing e Turismo da UFMG) ou para participarem de um processo de fast track na Revista Turismo em Análise (editada pelo Departamento de Relações Públicas, Propaganda e Turismo da Escola de Comunicações e Artes da USP). 

 

SERVIÇO:

Reunião da Rede Brasileira de Observatórios de Turismo

Museu das Minas e Metal – MM Gerdau (Praça da Liberdade)

Quarta-feira (1º/11), de 9h às 18h

 

II Seminário Mineiro de Pesquisa e Inovação em Turismo (SEMPIT)

Expominas (avenida Amazonas, 6.200)

Quinta-feira a sábado (2 a 4/11), de 9h às 18h

Inscrições: http://finitmg.com.br/blog/programacao/ii-sempit/

 

PROGRAMAÇÃO DO II SEMPIT

 

► 02/11 | Palco Minas Inova, Sala Uaitec 7

9h30: Boas vindas + Abertura

10: Mesa temática: “Destinos turísticos inteligentes e mobilities” com Ítalo Mendes (MTur) e Rafael Oliveira (Setur)

11h: Debate com o público

12h: Almoço

14h: Sessão temática 1: e-turismo, destinos inteligentes e TICs

15h15: Debate

15h45: Intervalo

16h20: Sessão temática 1 (continuação)

17h20: Debate

17h50: Encerramento

 

► 03/11 | Palco Minas Digital, Sala Uaitec 1, Sala Uaitec 3, Sala Uaitec 4, Sala Uaitec 7

9h: Apresentação de artigos: planejamento e gestão de destinos, organizações, atrativos e eventos turísticos

10h45: Debate com o público

13h15: Almoço

16h: Palestra magna: Novas tecnologias para a experiência do turista com Chelsea Ferriday (Loyyal)

17h: Debate com o público

18h: Encerramento

 

► 04/11 | Sala Uaitec 7

9h: Painel “Boas práticas em inovação e inteligência no setor público” com Ana Caldeira (Turismo 4.0 Portugal) ; Matías Belacín ( Observatório de Turismo de Buenos Aires) 

11h: Debate com o público

12h: Almoço

14h: Apresentação de artigos “sociedade, cultura e meio ambiente”

15h15: Debate com o público

15h45: Intervalo

16h20: Apresentação de artigos (continuação)

17h20: Debate com o público

18h: Solenidade de encerramento e entrega do best paper