Belotur instala 60 novas placas de sinalização turística na cidade

tags

Quinta-feira, 22 Março, 2018

por: Ascom

Foram 28 placas instaladas na Avenida Tereza Cristina e 32 ​na avenida do Contorno

A Prefeitura de Belo Horizonte (PBH), por meio da Belotur e da BHTrans, concluiu nesta semana a instalação de 60 novas placas turísticas na capital mineira. As placas foram instaladas nas avenidas do Contorno e Tereza Cristina, corredores viários que dão acesso a diversos atrativos turísticos da cidade, além de importantes destinos turísticos de Minas Gerais. O projeto é fruto de um contrato firmado entre o Município e o Ministério do Turismo.
Para o presidente da Belotur, Aluizer Malab, as placas de sinalização possibilitam a exploração e usufruto da cidade e de sua oferta, atuando como marcos, sinais de orientação no deslocamento pela cidade, tanto de turistas quanto da população local. Nesse sentido, a instalação de placas de sinalização turística atende a uma demanda dos centros urbanos modernos, especialmente daqueles que se geram esforços para o desenvolvimento das atividades turísticas, como em Belo Horizonte.
“A cidade vivencia um crescimento excepcional de seus equipamentos turísticos, que atuam sinergicamente com os atrativos já consolidados da cidade. O resultado é aumento de visitação de turistas com suas diversas intenções, sejam o lazer, a cultura, os negócios e os eventos”, avalia Malab.
De acordo com o diretor de Sistema Viário da BHTrans, José Carlos Mendanha, a sinalização turística, além de fomentar o turismo na cidade, serve também para agilizar o trânsito. “As placas auxiliam os motoristas no planejamento das rotas, dando assim melhor fluidez nas vias. Essa informação é fundamental para quem está visitando Belo Horizonte e não convive diariamente com o nosso sistema viário", comenta.
A avenida do Contorno possui diversos bens culturais tombados, assim como atrativos e equipamentos turísticos. Já a avenida Tere​z​a Cristina, extensão da avenida do Contorno, é um corredor viário que tem início no polo central e alcança várias regiões da cidade. Desse modo, faz-se necessária a sinalização turística ao longo desses percursos.
Para se ter ideia, as placas de sinalização orientam o acesso a atrativos e equipamentos como o Circuito Cultural Praça da Liberdade, Inhotim, região da Savassi, Museu Histórico Abílio Barreto, bairro Mangabeiras, Museu de História Natural, Polo de Móveis, Expominas, Praça da Estação, Mercado Central, Parque Municipal, Serraria Souza Pinto, Praça do Papa, Serra do Curral, Pampulha, Mineirão e Zoológico.
A sinalização atende também na informação sobre acessos a cidades mineiras que também se configuram como destinos turísticos relevantes, tais como Sabará, Diamantina, Brumadinho, entre outras.