BH tomada pelo Carnaval

tags

Terça-feira, 14 Fevereiro, 2017

por: Assessoria de Comunicação

Primeiro fim de semana da folia com segurança, limpeza, organização e muita irreverência

O primeiro fim de semana do Carnaval de Belo Horizonte mostrou que a cidade está preparada para este que já se consolidou como o maior evento da capital mineira. Mais de 30 blocos de rua desfilaram no sábado e domingo, arrastando milhares de foliões pela cidade a fora. A Polícia Militar não registrou nenhuma ocorrência de destaque, durante todo o fim de semana. A Belotur, juntamente com o Comando de Operações (COP), monitorou todas as festividades momescas do fim de semana. E, antes de raiar o dia na segunda-feira, precisamente às 3 horas da madrugada, BH já estava completamente limpa, após a conclusão dos serviços da SLU. 

 

“Já estamos trabalhando desde meados do ano passado neste Carnaval. Estamos preparados para realizar o maior Carnaval da história de Belo Horizonte”, comenta Aluizer Malab, presidente da Belotur.

 

Os ambulantes, devidamente credenciados, já puderam iniciar seus trabalhos nas ruas da cidade. Os comerciantes também estão bem animados. Dados da Fecomércio apontam que 73,8% do empresariado acredita que o período será positivo para as cadeias de comércio, serviços e turismo. 

 

Outros pontos da pesquisa da entidade a serem destacados: 1) o principal motivo do otimismo dos empresários foi atrelado ao acréscimo de turistas na cidade (53%); 2) 59,1% do comércio varejista avaliado espera por um volume de vendas maior em relação ao Carnaval de 2016; 3) entre os estabelecimentos que realizaram algum investimento para o período, 40% afirmou que farão ampliação do quadro de funcionários; 4) estabelecimentos que ficarão abertos passou de 68,6%, em 2016, para 76,7% em 2017, um aumento significativo que demonstra uma mudança na percepção dos comerciantes que, cada ano, compreendem o período como potencial negócios.

 

Uma novidade testada nesse fim de semana foi o aplicativo Carnaval BH 2017. Mais de quatro mil pessoas fizeram o download gratuito e já puderam ter acesso facilitado à programação, possibilidade de compartilhar a agenda com os amigos, encontrar banheiros mais próximos, postos de saúde, pontos de wifi free (hotspot da PBH) e informações turísticas.

 

BH, vem pra cá 

Para fomentar o turismo e oferecer ainda mais comodidade ao folião, a Belotur promove, até o dia 19 de fevereiro, a campanha ‘BH, vem pra cá!’, uma parceria com as entidades ligadas ao setor turístico de Belo Horizonte, como hotéis, atrativos, comércio da moda, bares e restaurantes. Cada empreendimento oferece vantagens e descontos em seus produtos ou serviços, como diárias de hotéis e cardápios de bares e restaurantes. O hóspede, ao chegar ao hotel, recebe um cartão. Com ele em mãos, o turista pode usufruir dos benefícios da campanha. A lista com os participantes e as vantagens pode ser encontrada no site belohorizonte.mg.gov.br.

 

De acordo com o Booking.com, Belo Horizonte está na lista dos 10 destinos com maior número de reservas para o período de Carnaval. A expectativa é que a taxa de ocupação da capacidade hoteleira alcance 65%. 

 

Carnaval 2017

A folia belo-horizontina, a festa mais popular do calendário da cidade, cresce a cada ano. Em 2017, são esperados 2,4 milhões de foliões nas ruas da capital, um aumento de 14% em comparação ao ano de 2016. A projeção é que 500 mil turistas visitem a cidade. Cerca de 350 blocos cadastrados e um total de 416 desfiles para todos os gostos agitam BH entre os dias 11 de fevereiro e 1º de março. Os blocos Caricatos desfilam no dia 27 e as escolas de samba no dia 28, ambos na Avenida Afonso Pena.

 

Nos dias do carnaval, três palcos fixos ficarão em pontos estratégicos. Além dos já tradicionais na Praça da Estação e na Avenida Brasil, a novidade é o palco da Rua Guaicurus, no Centro, que será montado entre as ruas São Paulo e Curitiba.

 

Na área da saúde, três postos médicos serão montados na Rua Alagoas, na Praça da Estação e em frente ao Colégio Arnaldo, com o objetivo de atender urgências durante o carnaval e não sobrecarregar as unidades de saúde regionais. Além disso, 50 ambulâncias acompanharão os trajetos dos maiores blocos nos cinco dias de festa.

 

A Prefeitura de Belo Horizonte vai disponibilizar 10 mil diárias de banheiros químicos, 3 mil a mais do que as 7 mil de 2016. O metrô de Belo Horizonte vai funcionar todos os dias da folia até as 2h para embarques apenas na Estação Central e desembarque em qualquer estação. A BHTrans vai reforçar o atendimento das linhas de ônibus. Serão 4 mil servidores da PBH mobilizados para o evento.

 

Foto: Ricardo Laf/Belotur

Legenda: O Bloco Quem é essa aí papai? concentrou na Praça da Liberdade, no sábado