Desfile das Escolas de Samba acontece no dia 17 de fevereiro

Quarta-feira, 11 Fevereiro, 2015

por: Assessoria de Comunicação - Foto: Maurício de Souza / Acervo Belotur

Afoxé Bandarerê abre pela primeira vez o desfile na Afonso Pena

Acadêmicos de Venda Nova - Foto: Maurício de Souza / Acervo Belotur

As seis escolas de samba de Belo Horizonte desfilam pela segunda vez na Afonso Pena, a partir das 19 horas do dia 17 de fevereiro.  Elas disputam prêmios de R$ 50 mil para o primeiro lugar, R$ 25 mil para o segundo lugar e R$ 12,5 mil para o terceiro lugar. Em julgamento a performance da bateria, samba-enredo, harmonia, evolução, alegorias e adereços, fantasias, comissão de frente e desempenho do mestre-sala e da porta-bandeira. Cada escola tem o tempo mínimo de 40 minutos e máximo de 55 minutos para realizar a apresentação.
 
Pela primeira vez, o desfile será aberto por um grupo litúrgico-religioso, o Afoxé Bandarerê, criado em 8 de dezembro de 2013 (dia de Nossa Senhora da Conceição), em Belo Horizonte,  com o intuito de abraçar a comunidade afro cultural promovendo a maior integração entre seus membros e levando para as ruas a alegria dos terreiros. Os padrinhos do afoxé são os Orixás Ogum e Oxum. As cores do grupo são o amarelo de Oxum e o azul de Ogum. Em 2015, o Afoxé Bandarerê  homenageia o Orixá Iansã.
 
Primeira escola a desfilar em 2015, a Canto da Alvorada disputa este carnaval com 750 integrantes em 12 alas, três carros alegóricos e três tripés. Este ano, a escola se apresenta com o samba-enredo “País do Pitangui”, de Ricardo Barrão. Uma homenagem a Pitangui, cidade do centro-oeste mineiro, descoberta por bandeirantes paulistas e que completa, em 2015, 300 anos de história. Hernani (Nandim) assina o carnaval da escola.
 
Força Real, uma das mais novas escolas da capital, fundada em 2011, vem com tudo com o enredo “Minas Gerais - De um Sonho Ideal, a um Delírio Real, em Pleno Carnaval”, de Thiago Bandeira. A escola faz um passeio por Minas Gerais, apresenta suas riquezas por meio de uma viagem de trem com Sinhá Olympia, folclórica personagem da histórica cidade de Ouro Preto. A escola verde, vermelha e branca desfila com 400 integrantes, 13 alas e dois carros alegóricos.
 
E representando a região do Barreiro, a escola de samba Estrela do Vale defende o samba-enredo “Do Barro ao Ouro, Artesanato Mineiro o Verdadeiro Tesouro”, de Eduardo Raimundo Bavose.  Artesãos de várias regiões de Minas foram convidados e, com suas mãos desconhecidas, mas talentosas assinaram a festa da Escola. Desfila com 450 integrantes, divididos em 14 alas e dois carros alegóricos. Destaque para a comissão de frente, com o grupo Onix Show.
 
A campeã de 2014, Acadêmicos de Venda Nova, será a quarta escola a desfilar. Em seu décimo desfile, a escola tricampeã (2008, 2009 e 2014) vai para a avenida com 600 integrantes, divididos em 12 alas e quatro carros alegóricos. A escola se apresenta com o samba-enredo “Tudo o que Venda Nova Toca Vira Ouro”, de Mandruvá, Dona Elisa e Walisson Adriano. O samba fala sobre a história das relações comerciais desde o período das trocas até o comércio contemporâneo e lembra o Rei Midas, personagem que tinha o dom de transformar em ouro tudo aquilo que tocava. Marco Aurélio é o carnavalesco da escola.
 
Imperavi de Ouros, resultado da fusão das escolas Imperatriz e Bem-te-vi, criada em 2013 é a penúltima escola a se apresentar. São 430 integrantes, divididos em 11 alas e três carros alegóricos. O tema do samba “Um enredo, um Fato! Com vocês, o Quatro...”, tema elaborado por André Vitoriano, com composição e interpretação de Fabian Costa, explora todo o misticismo do número quatro: as quatro fases da lua, as quatro estações, os quatro naipes do baralho, os quatro elementos da natureza, as quatro operações fundamentais, etc. O desfile é coordenado pelos carnavalescos Wander (Wandera Jones), Giovanni Rhoffman, Antônio Carlos e Aloiz Marinho.
 
A última escola a ganhar a avenida é a Cidade Jardim, com 700 integrantes, 12 alas e três carros alegóricos. O grande homenageado é o apresentador Tutti Maravilha, uma das mais conhecidas personalidades do rádio mineiro. O enredo “Tutti Maravilha Nós Sambamos Com Você” é de Domingos do Cavaco, Fabinho do Terreiro, Mandruvá e Vander Lee. O carnavalesco Leo Piló assina o desfile
 
O Carnaval de BH 2015 é uma realização da Prefeitura de Belo Horizonte, por meio da Belotur, e conta com o patrocínio da SKOL, TIM e do Governo de Minas, com subsídio da Lei Estadual de Incentivo à Cultura.
 
ESCOLA DE SAMBA CANTO DA ALVORADA
Cores: verde e branco
Enredo: “País do Pitangui”
Autor:Ricardo Barrão
 

No tempo em que varões predestinados
Se lançavam na conquista do sertão
Um bravo bandeirante inspirado
Procurava ouro no rincão

A mãe do ouro na bateia
E os caminhos do herói iluminava...
 
Bombou ouro na bateia 
Fogo incendeia a Igreja do Pilar
Bombou ouro na bateia
Fogo incendeia...
Nossa fé não vai passar
Brilhou...
 
Brilhou rainha da beleza
Salve essa riqueza de Minas Geraes
Berço de homens e mulheres imortais
 
Padre Belchior Anjo da Independência
Os Heróis da Inconfidência
Dona Joaquina e Maria Tangará
Vem cair no samba todo mundo quer sambar
Segura...
 
Segura coração aguenta ai
Aguenta ai
É canto da Alvorada a sacudir
300 anos do País do Pitangui

 

ESCOLA DE SAMBA FORÇA REAL
Cores:Verde, vermelho e branca
Enredo: Minas Gerais – De um Sonho Ideal, a um Sonho Real, em Pleno Carnaval
Autor:Thiago Bandeira
  

Por esta fascinante estação...
Embarquei rumo às páginas da história
Um perfume a tomar conta do meu Coração
Dores e diversos amores deixei para trás
Cantigas e cantos se fazem ouvir por Ladeiras imortais,
Ao recordar emoções...
Sonhos e delírios que não saem da Memória
Nesta viagem um sentimento singular
Romances, poesias se espalhando pelo Ar
Juventude varonil, Inconfidentes, Idealistas
Tardes com a “Rainha do Tijuco”, Extravagância...um absurdo
Eis uma mulata imperial!
O sino tocou...
Seguindo, minha fé “vou” derramar
Missas, festejos, procissões... Tantas emoções
Que as lágrimas escorrem em meu olhar
(Em meu olhar)
Templos bordados em ouro,
Perfeito barroco... Quanto esplendor!
Riqueza brotava em outrora,
Ficou na memória o talento do escultor
“Mexiriqueira”, cheia de prosa... a Culinária saborear
A profecia por despertar...quando surgir o canto do sabiá
Um jovem cresceu, virou rapagão...
Cidade ergueu, liderou a nação
Um gênio deu vida a monumentos,
Com seu talento de um toque especial
Hoje a tricolor do Ipanema e do Dom Bosco
Brilha no meu Carnaval
Minha força é Real, sou garra e paixão
Não tem nada igual, é pura emoção
Foi bom te conhecer
Sinhá Olympia, muito prazer!

ESCOLA DE SAMBA ESTRELA DO VALE

Cores: azul e amarelo
Enredo:Do Barro ao Ouro, Artesanato Mineiro Verdadeiro Tesouro
Autor: Eduardo Raimundo Bavose
 

Protegida pelo criador, arquiteto do Universo
Minha “Estrela” vem saudar... o Artesanato mineiro
Em prosa e verso
Pelos caminhos... De Minas Gerais
Eu te convido, vem comigo viajar
Conhecer os artistas do saber-fazer
Com seu poder de transformar 
De mãos dadas com a natureza
Encanto, beleza e expressão
Ofício, arte e cultura... Manutenção Da tradição
Salve a cachaça, o queijo do Serro
Galinha D’Angola, colher de pau, Cabaça
 
E a namoradeira na janela
De olho em você, cheia de graça
Carrancas, pra espantar os maus Espíritos
Tapetes, valorizando a decoração
Do barro surgem utensílios
Panelas, moringas e cacimbas
E na Feira Hippie, que acontece em BH
Tem lindas obras pra você admirar

Parabéns, artesãos do samba
Que trabalham com prazer
E mesmo no anonimato
Fazem a festa acontecer 
(BIS)

 

ESCOLA DE SAMBA ACADÊMICOS DE VENDA NOVA
Cores: Azul e Rosa
Enredo: Tudo o que Venda Nova Toca Vira Ouro
Autores: Mandruvá, Dona Elisa e WalissonAdriano

 

É Carnaval
A Venda Nova vem mostrar
Rei Midas o lendário soberano
Vivendo a riqueza e o poder
Do oriente pra cá e da Europa pra Lá
Rota da seda aconteceu
Especiarias, cravo e canela
Vem perfumando nossa passarela

No crediário, cartão de crédito
Quem quer comprar?
“Tô na internet, meu bem!!”
No Shopping Center também,
 
Quem vai querer?
É tudo ouro vem buscar pra você
As novas praças vêm surgindo pra ficar
E o mercado do consumo vai brilhar
 
O que Venda Nova toca vira ouro
Nosso tesouro é poder te alegrar
E o comércio que gira o mundo
Vai colorir o Carnaval de Beagá
Moça bonita não paga, alô freguês!
O Xing-Ling mandou dizer
Se tem ouro na sandália da mulata
Na saia da baiana tem dendê

 

ESCOLA DE SAMBA IMPERAVI DE OUROS

Cores: verde, branco e amarelo
Enredo: Um enredo, um Fato! Com vocês, o “Quatro”
Autor: Fabian Costa

 

A Imperavi chegou ô ôôô
E  pra dar um show ô ôôô
Comunidade vem cantar o Quatro
Um enredo, um fato, com vocês o Quatro
 
No firmamento a bailar
Eu vejo quatro estações 
Outono, Inverno, Primavera e Verão
Faça o jogo no Rugido do Leão
 
E as cartas vão rolando na avenida
Trevo de quatro folhas
Minha sorte vai mudar
 
Gira baiana, porta bandeira 
Quero ver você sambar (2x)
 
Ah... O fogo, a terra, a água e o ar
São quatro elementos para a vida 
Assim como em quatro operações 
Onde o amor renova a fé em Esperança
 
Ah... Eu quero ver você cantar
no meu swing quero ver você Gingar
Em quatro cores exaltar meu Pavilhão 
Com alegria e muita emoção
 
Assim, o sol iluminou a terra
A lua fez sua morada 
Com quatro fases de rara beleza
Bate no peito, e cante o amor
Com o quatro a Imperavi é Show(2x)

 

ESCOLA DE SAMBA CIDADE JARDIM
Cores: vermelho e branco
Enredo: Tutti Maravilha Nós Sambamos Com Você
Autores: Domingos do Cavaco, Fabinho do Terreiro, Mandruvá e Vander Lee

 

Alô Tutti Maravilha, a Cidade Jardim
Não vai deixar ninguém te
Esquecer
E a estrela Elis Regina
Abre a cortina pra você 
 
(BIS)
No arco-íris brilha o nosso Carnaval
Vai sobrar alegria, o rei
Abrir as portas lá da Capital.....Reinaldo
Vou navegando nas ondas do rádio 
Só para ouvir você falar 
Chegou a hora do Bazar

Quem ouviu gostou
Da música brasileira de A a Z
Toca tudo de novo
Sem preconceito nem jabaculé
 
(BIS)
Parque das Mangabeiras
Meu papagaio, voou, voou, voou, voou 
O expresso melodia, Minas inteira cantou
Sou Brasileiríssima, o Gigante tá no ar
A cidade vem com Tutti
Prá balançar o carnaval de BH.