Encontro Cidades Criativas: Turismo e Gastronomia

tags

Terça-feira, 9 Outubro, 2018

por: Ascom

As inscrições gratuitas já estão abertas

 
A gastronomia está entre as principais motivações para os turistas escolherem o destino que irão visitar, de acordo com a Organização Mundial do Turismo (OMT). Assim, estreitar a relação entre gastronomia e turismo é essencial para oferecer experiências, valorizar produtos locais e desenvolver o setor. Com esse objetivo, a Belotur realizará no dia 16/10, terça-feira, o Encontro Cidades Criativas: Turismo e Gastronomia, no auditório JK da Prefeitura de Belo Horizonte. As inscrições são gratuitas e já estão abertas por meio deste link: https://goo.gl/LCbX8b.

Na ocasião, a Prefeitura de Belo Horizonte e a Belotur, ao reconhecerem a importância da gastronomia para o desenvolvimento sustentável do Município e como fundamental para a complementação da oferta turística, além de um fator de integração entre turistas e comunidade local, lançarão a candidatura de Belo Horizonte ao prêmio Cidade Criativa da Gastronomia pela UNESCO em 2019. Essa iniciativa busca colocar a gastronomia da cidade como fator de competitividade entre os destinos turísticos nacionais e internacionais.

As ações do Programa Municipal de Turismo Gastronômico serão elaboradas estrategicamente pela Belotur com o apoio técnico da Comissão de Gastronomia do Conselho Municipal de Turismo (Comtur) e da Frente da Gastronomia Mineira. O processo será feito em parceria com órgãos, entidades, empresas e universidades para que os frutos desse intercâmbio de conhecimento possam se refletir na prática das atividades turísticas em Belo Horizonte e consequentemente no sucesso da candidatura.

Encontro Cidades Criativas: Turismo e Gastronomia
A programação do Encontro inclui cases de sucesso de destinos turísticos como o Peru, país que ganhou seis vezes consecutivas o World Travel Awards na categoria Melhor Destino Gastronômico do Mundo, e Florianópolis (SC), Paraty (RJ) e Belém (PA), que já são Cidades Criativas da Gastronomia pela UNESCO no Brasil. A ideia é trocar experiências sobre práticas que fizeram da criatividade um componente essencial do desenvolvimento urbano, por meio de parcerias entre os setores público e privado e a sociedade civil.

“É importante, neste contexto, que se discuta quais são as melhores maneiras de desenvolver o setor, acrescentando que o turismo gastronômico também abre as portas para a exportação de produtos, valoriza e fomenta a produção local, bem como incentiva a cadeia produtiva e o desenvolvimento de uma oferta competitiva”, comenta Aluizer Malab, presidente da Belotur.
 
 
PROGRAMAÇÃO:
8h: Credenciamento
8h30: Café de Boas Vindas
9h: Abertura
9h05: Depoimento eletrônico de Sandra Carvão – Diretora de Tendências de Mercado e Competitividade da Organização Mundial de Turismo – OMT
9h10: Apresentação Belotur e Lançamento Oficial da Candidatura de Belo Horizonte à Rede das Cidades Criativas da UNESCO, pela Gastronomia – participação especial do Chef Leo Paixão
9h30: Palestra Peru: Importância da Gastronomia no Turismo – Milagros Ochoa – Diretora de Turismo e Imagem do Escritório Comercial do Peru no Brasil
 
Painel - "Cidades Criativas da Gastronomia no Brasil"
Mediação: Chef Edson Puiati
 
10h10: Estudo de caso: Florianópolis – Marcus Rocha – Superintendente de Ciência, Tecnologia e Inovação da Secretaria Municipal de Turismo, Tecnologia e Desenvolvimento Econômico de Florianópolis
10h40: Estudo de caso: Belém – Mônica Lobato – Assessora da Companhia de Desenvolvimento e Administração da Área Metropolitana de Belém – CODEM
11h10: Estudo de caso: Paraty – Cristina Maseda – Secretária de Cultura de Paraty – Rio de Janeiro
 
11h40 às 12h30 – Debates
12h30 – Encerramento
 
PALESTRANTES:
1. Marcus José Rocha (Florianópolis), superintendente de Ciência, Tecnologia e Inovação da Secretaria Municipal de Turismo, Tecnologia e Desenvolvimento Econômico/Prefeitura Municipal de Florianópolis. Profissional com mais de 22 anos de experiência no mercado de tecnologia e inovação em projetos nacionais e internacionais, é Mestre em Administração em Gestão e Inovação em Organizações (ESAG-UDESC), MBA em Gestão Estratégica da Inovação Tecnológica (SOCIESC, e Bacharel em Ciências da Computação (UNISUL). Na área educacional, é professor em cursos de graduação e pós-graduação na área de gestão.

2. Cristina Souza Santos Maseda (Paraty), Formada em Comunicação Social pela Universidade de Taubaté; com Especialização em Produção Audiovisual pela Escuela de Imagen y Sonido, La Coruña, Espanha e Pós-graduação em audiovisual Universidade de Santiago de Compostela, Espanha.  Desde maio de 2014, atua como Secretária de Cultura de Paraty. 

3. Mônica Lobato (Belém), Assessora da Companhia de Desenvolvimento e Administração da Área Metropolitana de Belém - CODEM, é formada em Ciências Econômicas e atua desde o ano 2014 na Diretoria de Desenvolvimento e Negócios, fez parte da equipe que trabalhou na construção do Dossiê de Candidatura de Belém, como Cidade Criativa da Gastronomia.

4. Rosa Milagros Ochoa Koepke (Peru), diretora de Turismo do Escritório Comercial do Peru no Brasil. Vinculada ao Ministério de Comércio Exterior e Turismo - MINCETUR. Formada em Administração Hoteleira, com especialização em Comércio Exterior e pós-graduada em Comunicações e Marketing. Possui mais de 25 anos de experiência em estratégia, planejamento e promoção das exportações e do turismo. Atualmente vem desenvolvendo no Brasil o trabalho de posicionamento do Peru como destino para lazer, viagens de incentivo e eventos, em coordenação com a Promperu.

 
SERVIÇO:
Encontro Cidades Criativas: Turismo e Gastronomia
Data: 16 de outubro de 2018 (terça-feira).
Local: Prefeitura de Belo Horizonte – Auditório JK – Avenida Afonso Pena, 1212
Horário: 8h às 12h30
*Sujeito à lotação do espaço.