Mais um final de semana de folia em Belo Horizonte

Segunda-feira, 9 Fevereiro, 2015 (Todo dia)

por: Assessoria de Comunicação - Foto: Nathalia Torres - Acervo Belotur

Mais um final de semana de folia em Belo Horizonte - Foto: Nathalia Torres - Acervo Belotur

Nem a chuva que caiu durante todo o final de semana em Belo Horizonte impediu a folia que aos poucos invade aos poucos os bairros da capital. Falta uma semana para o Carnaval e a agenda da Corte Momesca foi intensa com intervenções em desfiles de bloco, participação na Banda Mole e no lançamento do Carnaval de Minas Gerais.
 
O público foi mais reduzido, mas a alegria tomou conta das ruas da mesma forma. A presença de crianças dominou a cena em vários blocos. No sábado (07/02), o bloco APAE Folia e sua banda da diversidade saíram pelo nono ano consecutivo no bairro de Santa Tereza, região leste da capital. Desta vez com o tema “Relembrando as brincadeiras de criança”. Destaque para a sincronia da bateria, Apaetucada.
 
Também no sábado, o bloco do Padreco garantiu a folia nas ruas do bairro Padre Eustáquio, zona oeste de Belo Horizonte. Aqui também muitas crianças e mães participaram da festa animada por marchinhas carnavalescas.
 
A esquina da Avenida Cristóvão Colombo com rua Alagoas, na Savassi, foi o endereço da festa para a criançada na manhã de domingo. O Bloco Padecendo na Folia, que estreou no Carnaval de BH em 2014, reuniu mamães, futuras mamães e filhotes de todas as idades. Teve apresentação da charanga das mamães e a cantora Silvia Negrão encerrou a festa com músicas infantis em ritmo de carnaval.
 
À tarde, os fãs de pagode ao som de marcha de carnaval se encontraram no Gutierrez para o desfile do bloco Me beija que eu sou pagodeiro. O bloco saiu pela segunda vez no Carnaval de BH e com muito molejo e falta de senso de ridículo os foliões enfrentaram a chuva.
 
Corte Momesca no lançamento do Carnaval de Minas Gerais
 
Blocos carnavalescos do interior de Minas Gerais prestaram homenagem à Corte Momesca de Belo Horizonte. Tradicionais grupos carnavalescos se apresentaram na Alameda Travessia na Praça da Liberdade no último sábado (07/02), no lançamento do Carnaval de Minas Gerais.
 
A diversidade cultural do estado foi representada pela bateria da escola de samba de São João Del Rei, pelos blocos de Zé Pereira, bonecos gigantes, de Mariana, Sabará e Ouro Preto. Os ritmistas do bloco de rua Malagueta, de Betim, animaram o público que enfrentou a chuva para apreciar a folia.
 
A cerimônia festiva contou com a presença do presidente da Belotur, Mauro Werkema, que destacou a importância da apresentação como uma pequena demonstração da riqueza cultura de Minas, e do secretário de Estado de Turismo, Geraldo Pimenta, que enfatizou a mensagem para o período: Esbanje alegria e economize água.
 
Representantes da Velha Guarda do Samba, como Jadir Ambrósio, Dona Lúcia, Mestre Jonas, Mestre Conga, Mandruvá, Dona Elisa, entre outros, foram lembrados e homenageados.
 
Após a cerimônia de lançamento, o alegre e heterogêneo grupo, liderado pelo Rei Momo, pela Rainha e Princesas do Carnaval de Belo Horizonte se preparou para o desfile. A chuva deu uma trégua e o cortejo desceu os cinco quarteirões da Avenida João Pinheiro, em direção a Afonso Pena, local de apresentação da Banda Mole.