Quadrilha do Arraial de Belo Horizonte é campeã nacional

tags

Quarta-feira, 29 Agosto, 2018

por: Ascom

São Gererê é campeã nacional. A quadrilha ainda levou os prêmios de melhor figurino, repertório e marcador

Foto: Fernando Teixeira/Prefeitura de Boa Vista

 
A quadrilha São Gererê foi a grande vencedora do Concurso Nacional de Quadrilhas Juninas 2018, realizado no último domingo (26), em Boa Vista, Roraima. Além do título, a agremiação também levou os prêmios individuais de melhor figurino, repertório e marcador. O resultado mostra a qualidade das quadrilhas da capital mineira, que apresentaram um verdadeiro show na edição deste ano do Arraial de Belo Horizonte. No concurso municipal, a São Gererê ficou em terceiro lugar. Essa é a primeira vez que um grupo de quadrilha mineiro leva o título nacional para casa.

A São Gererê representou Minas Gerais por ter sida a campeã do Concurso Municipal de Quadrilhas de 2017. O enredo apresentado, no entanto, foi o mesmo levado ao tablado no Arraial de Belo Horizonte 2018, no dia 1º de julho, e representa o desastre do rompimento da Barragem do Fundão, que atingiu cidades como Mariana e Bento Rodrigues.

“Essa vitória é um fato histórico para a trajetória do movimento junino do nosso estado. Além disso, pudemos levar mais uma vez essa causa super importante, que é o rompimento da barragem em Bento Rodrigues, para o Brasil todo. Para ninguém se esquecer desse crime ambiental que trouxe impactos para todo o Rio Doce, de Minas até o Espírito Santo”, diz Jadison Nantes, diretor artístico da quadrilha São Gererê.

Jadison ainda explica que, no ano que vem, quem irá representar Minas Gerais no concurso nacional será a quadrilha Fogo de Palha, vencedora do Arraial de Belo Horizonte deste ano.

Concurso Nacional de Quadrilhas
O concurso Nacional de Quadrilhas foi realizado na Praça Fábio Marques Paracat, em Boa Vista, Roraima, no último domingo, 26. Promovido pela Federação Roraimense de Quadrilhas Juninas (Ferquaj) em parceria com a Confederação Brasileira de Entidades de Quadrilhas Juninas e apoio da Prefeitura de Boa vista, o evento reuniu diversas culturas na cidade do extremo norte do Brasil e garantiu o fortalecimento e enriquecimento cultural do movimento quadrilheiro.